sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

"PALMADA DE AMOR NÃO DÓI "

Com início do ano letivo e vendo o movimento das crianças e jovens alegres pelas ruas, tagarelando nos ônibus, na maior algazarra na entrada e saída das escolas a cidade passa a ter um novo colorido depois da tranquilidade das férias.

Olhando isso tudo começo a pensar na arte de educar que nos tempos de hoje não é fácil para os pais. Quando me perguntam como educar e falam que são a favor de uma boa surra respondo que hoje muita coisa mudou em relação a criança e o  jovem de antigamente.

Sou favor do projeto de lei para proibir a prática de castigos físicos em crianças e adolescentes. Quando se fala em "castigos físicos" não podemos comparar ao fato de uma criança levar uma palmada por ter feito alguma coisa errada.
 
Falar sobre a minha infância e de como fui educada é muito gratificante, pois sou da época onde “palmada de amor não dói”. A Educação que recebi de meus pais tinha regras e obrigações a serem cumpridas e, apesar disso tudo, gostaria de ressaltar que havia uma grande amor e respeito não só por eles como pelos mais velhos. Esse respeito, no mundo de hoje, são valores que pouco se ressalta na educação e se refletem na cultura do povo onde deparamos com várias situações que muitas vezes nos revoltam. Sou de um tempo que havia a conversa, o diálogo que nos orientava o que era certo e errado e quantas vezes vislumbrados pelos colegas, pela própria euforia da idade, saíamos da linha, e aí, não havia conversa, era castigo na certa e claro que em certas ocasiões não conseguia escapar daquela “palmada de amor”. Esse tipo de educação nos moldes antigos considero válida e isso não pode ser comparado a maltratos e a castigos físicos. Considero uma educação caracaterizada por limites rígidos e dizer “não” aos filhos não era visto como prejudicial. 


Falando da educação dos filhos nos tempos atuais, os pais assoberbados pelas tarefas profissionais ou mesmo domésticas, tendem a passar menos tempo com os seus filhos e, frequentemente, delegam a responsabilidade de sua educação a terceiros, como a própria escola. Outros, tem tempo para seus filhos, porém, não sabem como gerenciar as dificuldades e nem estabelecer os seus limites.

Atualmente procuramos dar aos nossos filhos uma educação fazendo certas concessões movidos talvez pelo sentimento de “culpa” pelo pouco tempo dispendido a eles que podem desfavorecer o aprendizado de regras culturais e morais importantes.

Muitas mães se perguntam como educar os filhos corretamente, qual será a “fórmula mágica” para cuidar de uma criança, cuidar de sua educação e fazer com que ela cresça dentro da sociedade como um exemplo de criança. Não existe mágica para educar um filho pois acima de tudo ele é um ser humano, tem vontade própria e o que a mãe deve fazer é mostrar a ele como agir corretamente. Mostrar os dois lados do mundo, o lado certo e o lado errado e instrui-lo parara que siga sempre o caminho correto.

Ensinar a diferença que existe entre a verdade e a mentira, procurar sempre responder as suas curiosidades não escondendo nenhum fato ou notícia dele e se for algo muito grave procure esclarecer de forma suscinta sem muitos detalhes, mas nunca esconder ou mentir, fala sobre todos os assuntos sempre com muita naturalidade, porque dessa forma ele já vai se adequando às realidades da vida. Lembrando sempre que a melhor forma de educar o seu filho nos dias atuais é utilizar sempre o diálogo, nunca usar da agressão e também nunca deixar faltar a verdade para com ele e na frente dele, maus exemplos geram pessoas más.

Uma boa comunicação familiar permite que os pais conheçam melhor seus filhos dando-lhes condições para ajudá-los. Devem fazê-los refletir numa conversa aberta, perguntando e explicando-lhes as causas e problemas, fazendo com que eles mesmos procurem as próprias soluções e tomem decisões para que cresçam e ganhem responsabilidade.

"A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo."
(Nelson Mandela)
Fontes:
Imagens google
Pesquisas
:

Guiabrasilblog
Portal da familia
Rede Psi artigo da psicologa Maria ester

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

" VEM CHICA . . . VAMOS FESTEJAR E SONHAR EM UM LINDO LUGAR "


Quem não conhece a Chica? Quem é a Chica ?

"Sou a CHICA,uma mãe de 4 filhos, vovó de 6 netinhos e que adora escrever.
Começei de brincadeira e agora, estou grudadinha por aqui, j com 11, sim, ONZE blogs,rs... "


UM LINDO LUGAR . . .
"Lugares coloridos podem ser os mais simples, sem badalações . . .
Contanto que façam bem aos olhos e coração."
Chica


Desde o início do ano alguns de seus blogs vem completando mais um ciclo de vida e a nossa amiga CHICA segue em frente contando as suas lindas  histórias que nos fazem rir, chorar, recordar enfim nos fazem sonhar e viver essa vida cheia de cores que estão presentes em todos os seus cantinhos. Hoje o seu blog Lugares, recordações e "Coisinhas" coloridas . . . completa dois anos e aqui está a M@myrene para festejar junto com vocês

Vamos aproveitar e comemorar nesta mesma festa o aniversário de mais dois Blogs

* * * * * *


Completou 3 anos dia 28.01.2011


Completou 2 anos dia 08.02.2011


Nada melhor do que comemorar aniversário do blog CHICA
contando uma história para quem quiser ler



JOANINHA E A AMIZADE

Aninha Joaninha sempre dormia cedo, pois acordava junto com o sol para aproveitar as delícias do dia.

Enquanto o sol estivesse clareando a terra, lá estava Aninha brincando, comendo, se divertindo e quando o sol ia embora, Aninha se aninhava sobre uma folha bem verdinha e dormia.

Quase sempre era assim, isso, porque certo dia Aninha estava tão distraída com um pé de amoras que nem viu o sol ir se deitar, quando deu por si, já estava chegando à noite e então... Aninha olhou para o céu...

A joaninha ficou encantada! Ela viu a primeira estrela da noite e ficou maravilhada com seu brilho delicado, suas pontinhas reluzentes e Aninha quis muito, mas muito mesmo, ir lá em cima brincar com a estrela.

Aninha, então, bateu suas asinhas e subiu na tulipa mais alta, foi até bem em cima da flor e se esticou, se esticou, se esticou...

Ah não! Aquela tulipa ainda era muito baixinha, não dava para alcançar e brincar com a estrela.

A joaninha pensou, pensou e decidiu subir na folha mais alta, do galho mais alto, da árvore mais alta, e lá foi ela batendo suas asinhas.

UFA!

Quando Aninha alcançou a folha mais alta, do galho mais alto, da árvore mais alta a pobrezinha estava exausta, muito cansada mesmo e chagando lá ela ainda se esticou se esticou, se esticou e finalmente...

Ela cansou de se esticar e percebeu que mesmo a folha mais alta, do galho mais alto, da árvore mais alta ainda era muito baixa para alcançar e brincar com a estrela.

Pobre Aninha! Ficou tão triste, mas tão triste que foi se aconchegar em uma folha verdinha para dormir

Deitou-se, se aconchegou, mas dormir não dormiu.

As lágrimas estavam correndo por seus olhos como águas em um dilúvio. E ela não conseguia parar de pensar em como queria ser amiga da estrela, então ela se levantou e foi lavar o rosto no riacho.

Quando ela chegou ao riacho e abaixou para se lavar... Ficou parada, paralisada... A estrela estava lá dentro do riacho.

“Agora sim está mais fácil”, pensou ela e outra vez ela se esticou, se esticou, se esticou e...

...SPLASH...

Caiu dentro do riacho e o pior é que ela não sabia nadar... E AGORA?

A pobre joaninha batia as patinhas, batia as asinhas e nada de conseguir sair de tamanha encrenca.

Já estava perdendo as for; as quando viu uma luzinha delicada se aproximar rápido e Aninha logo imaginou que fosse a estrela, querendo ser sua amiga também.

Quando o sufoco passou, ela viu um inseto muito curioso, que nunca havia visto antes...

Ele lhe disse que era um vaga-lume e falou para ela ter mais cuidado quando andar perto das margens do riacho, foi então que, toda chorosa, Aninha contou o quanto queria ser amiga da estrela.

Depois de ouvir a historia o vaga lume pediu para que ela n’ao ficasse triste e a chamou para brincar...

A joaninha ficou muito feliz com o novo amigo, mas já estava tarde e ela tinha muito sono, então se despediram, prometendo se encontrarem no dia seguinte, mesmo sabendo que a luzinha do vaga-lume n’ao estaria tão bonita durante o dia.

Joaninha se aconchegou em uma folha verdinha para descansar...

MAS SABEM QUEM MAIS ESCUTOU ANINHA CONTAR O QUANTO QUERIA SER AMIGA DA ESTRELAS?

Pois é!

A estrela ouviu tudo e então mandou uma “nuvem recado” para a joaninha... “Sabe, eu também quero ser sua amiga, então que tal sermos “amigas de correio”? Sempre quando a noite estiver terminando, eu te mandarei uma nuvem recado e quando o dia terminar, você poderá me escrever um recado em uma folha que eu peco para um vento me entregar...”
Aninha adorou a solução entendendo que na vida, existem diferentes tipos de amigos, como aqueles que estão sempre por perto, aqueles que a gente só vê na escola e aqueles de muito, muito longe, mas que mesmo estando, assim, muito, muito longe não deixam de ser nossos amigos.

Ela agora tinha dois novos amigos.

Agora sim! Aninha Joaninha foi dormir feliz da vida.

FIM


Hoje também é dia de comemoração também  no blog SONHAR E SER da minha mais nova amiga Liliane que completa seu 1º ano com uma BLOGAGEM COLETIVA cujo o tema é " Sonhar e ser e o que os Sonhos fazem por nós " e quem está participando é A VITRINE DE SONHOS.

Vamos Lá ?

Selinho feito pela Chica!!!

domingo, 20 de fevereiro de 2011

" NASCER E VIVER"




Acordar e ver o Sol nascer
Apreciar a beleza da natureza
Agradecer a bênção de viver
É pensar em forma de poesia
Tentando um verso escrever.

Escuto os sons da natureza
Entoando uma linda melodia
O calor suaviza com a brisa
Que sopra nesta manhã
Refrescando este lindo dia.

Não tarda nascerá a noite
Apontando no horizonte
O Sol que se despede
Para voltar novamente
Cheio de luz e sorridente.

*Irene Moreira*




Beijos
 

sábado, 19 de fevereiro de 2011

" VAMOS CELEBRAR A VIDA! ACORDA NILCE QUE HOJE O DIA É SEU "


Vamos celebrar a Vida !
Feliz Aniversário Nilce!


Acorda, o dia já nasceu!
Olha o sol, olha a chuva,
olha a vida acontecendo...

Abre teus olhos e sente, são teus olhos
que vêem e experimentam todas as cores,
são tuas mãos que tocam o mundo,
é teu espírito que toca a vida,
trazendo ao teu coração a certeza de que tudo
está disponível para que tu despertes contente.

Tantas coisas te esperam neste dia...
Dá a chance para que teu ser
esteja presente a cada momento,
dá a oportunidade para que teu ser cresça,
expanda rumo à luz amorosa que sempre
está a te iluminar mesmo quando
não sentes a sua presença...
Dá tempo, dá carinho a ti mesmo.

Ouve a tua verdade, tuas necessidades...
Dá amor, dá alegria a ti e a todos aqueles que cruzarem o teu caminho neste dia.

Alimenta este estado, pois tua vida
começa aqui, agora, neste momento.

Preserva as águas límpidas que banham teu ser,
rega as flores que perfumam tuas mãos,
traz o silêncio para dentro de ti quando teus olhos se fecharem na ânsia de sentir a amorosidade que avança, mostrando,
pouco a pouco, que és parte desta grande celebração que é a vida,
a tua vida!


Feliz aniversario minha amiga Nilce !

A Alegria brilha nos olhos de quem sabe curtir
A emoção de simplesmente viver.

Viva com disposição e entusiasmo,
Fazendo o que gosta e realizando seus sonhos,
Afinal, hoje é seu aniversário,
E você tem direito à tudo hoje!!!!
Para você meus melhores votos de
Feliz Aniversário

E se você está pensando que esqueci o seu presente,
Olha aí o que eu trouxe para você!!!


Vamos lá meus amigos abraçar a nossa amiga Nilce, a nossa Guerreira e comemorarmos juntos este dia tão especial



E aqui o que nunca poderia deixar de faltar que é o meu selinho que ofereço com todo meu amor e carinho .
 

Beijos

textos tirados daqui
e paixão e amor
imagens google

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

" SAUDADES DE VOCÊS " - " AMOR E SAUDADE"


Na encruzilhada silenciosa do destino,
quando as estrelas se multiplicaram,
duas sombras errantes se encontraram.

A primeira falou:
-Nasci de um beijo de luz, sou força, vida,
alma e esplendor....
Trago em mim toda a sede do desejo,
Toda a ânsia do Universo.
Eu sou o Amor!
O Mundo sinto enxágüe em meus pés!
Sou delírio, loucura...
E tu, quem és?

A segunda:
-Eu nasci de uma lágrima.
Sou flama do teu incêndio que devora.
Vivo dos olhos tristes de quem ama,
para os olhos nevoentos de quem chora.
Dizem que vim ao mundo para ser boa,
para dar do meu sangue a quem queira.
Sou a Saudade, a tua companheira,
que punge, que consola e que perdoa...

Na encruzilhada silenciosa do Destino,
as duas sombras comovidas se abraçaram,
e, desde então, o Amor e a Saudade
nunca mais se separaram.

O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo...
(Mário Quintana)


Peço desculpas aos meus queridos amigos por ter estado tão pouco presente. O tempo é muito curto para tudo que teria vontade de fazer, de dizer, de escrever podendo compartilhar com vocês todos essa minha vida agitada, mas que sempre está carregada de muito amor no coração. Adorei todos os comentários e prometo que vou visita a cada um e matar as saudades de nossos bate papos.

mensagem daqui

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

" O AMAR E O AMOR "


Um esposo foi visitar um sábio conselheiro e disse-lhe que já não amava sua esposa e que pensava em separar-se. O sábio escutou-o, olhou-o nos olhos e disse-lhes apenas uma palavra:

- Ame-a.

- Mas, já não sinto nada por ela!

- Ame-a, disse-lhe novamente o sábio.

E diante do desconcerto do esposo, depois de um breve silêncio, disse-lhe o seguinte: “Amar é uma decisão, não um sentimento; amar é dedicação e entrega. Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o amor. O amor é um substantivo, um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, regue e cuide.

Esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excessos de chuvas mas nem por isso, abandone o seu jardim. Ame seu par, ou seja, aceite-o, valorize-o, respeite-o, dê afeto e ternura, admire e compreenda-o. Isso é tudo. Ame, simplesmente ame!”

A inteligência sem amor, te faz perverso.
A justiça sem amor, te faz implacável.
A diplomacia sem amor, te faz hipócrita.
O êxito sem amor, te faz arrogante.
A riqueza sem amor, te faz avaro.
A docilidade sem amor, te faz servil.
A pobreza sem amor, te faz orgulhoso.
A beleza sem amor, te faz fútil.
A autoridade sem amor, te faz tirano.
O trabalho sem amor, te faz escravo.
A simplicidade sem amor, te deprecia.
A oração sem amor, te faz introvertido e sem propósito.
A lei sem amor, te escraviza.
A política sem amor, te deixa egoísta.
A fé sem amor, te deixa fanático.
A cruz sem amor se converte em tortura.
A vida sem amor… não tem sentido!

( Autor: Lao Tsé )


"Como é bom amar e ter um amor para sentir o prazer de viver."

sábado, 5 de fevereiro de 2011

" SOMOS TODOS IGUAIS NA DIFERENÇA " - BLOGAGEM COLETIVA




Estou aqui participando desta Blogagem Coletiva proposta pela Aleska do Diários de Bordo e Pandora do Caixa de Pandora  que aborda um assunto de suma importância e que ainda nos tempos de hoje é visto por muitos de uma forma diferente.



Vocês já pararam para pensar que as pessoas portadores de necessidades especiais convivem e  fazem parte de nosso dia a dia seja em nosso grupo de amigos e familiares, no trajeto para o trabalho, nas atividades físicas, nas festividades, nas escolas, nos processos seletivos tanto para o mercado privado ou público?
São seres humanos iguais a qualquer um de nós com os mesmos sonhos, as mesmas aspirações e conquistas e com uma garra que não existe obstáculo que não consiga  vencer. Ainda vemos muitos que enfrentam dificuldades para superar a sua deficiencia e são esses que precisam demais de nossa ajuda, de que estendamos a mão e ensinemos o caminho a seguir, que possamos fazê-los enxergarem que a vida estar disponível para todos é só querer viver.

Há alguns anos atrás um jovem de vinte anos, amigo inseparável de meu filho e sobrinhos, foi passar a festa de Ano Novo com uns colegas da Faculdade em uma linda praia e após as festividades retornavam alegres caminhando pela areia quando foram abordados por uns três rapazes, drogados e armados, levando seus pertences. Sendo liberados foram caminhando no sentido contrário e sem explicações, por mera diversão, um dos assaltantes disparou um tiro acertando as costas desse jovem.
Dali em diante a vida dele mudou radicalmente , passando por várias cirurgias, vivendo em constantes fisioterapias nada trouxe de volta a mobilidade de suas pernas.
Foram tempos difícieis onde não existiam as condições que hoje já estão disponíveis para os deficientes. Para que pudesse ter uma vida com liberdade e igual a todos teve que mudar de apartamento porque o prédio onde morava não dispunha de rampa para cadeirantes, teve que adaptar o apartamento as suas necessidades com relação a largura das portas, o banheiro e tudo o mais para transitar normalmente.
Ganhou um carro dos pais próprio para deficientes o que lhe deu maior liberdade de ir e vir sem depender de ajudante. Continuou cursando a faculdade formando-se em análises de sistemas, passou em um concurso público e hoje  é um homem totalmente independente, um profissional de sucesso, já esteve casado uma vez e continua em busca do seu par para completar a sua felicidade.
Esta é uma história verdadeira de um amigo do coração.




Deficiente . . .


Deficiente é gente
Corre com os seus pensamentos
Levanta sua alta estima
Abraçando os seus sonhos de forma segura...
Seja ele homem ou mulher
Através da sua vontade faz o que quer
Não se lamenta por não ter o que se pensa
Vai atrás da superação dos seus limites
Não importa quem os grite e até mesmo critique
Consegue nadar, correr, voar, viajar tudo em nome do superar
Chora, sorri, gesticula e faz de seu obstáculo o sustentáculo do vencer
Não acredita em não poder
Vai, Vai ponto a ponto, passo a passo caminhando e ultrapassando seus limites
Do anonimato
Não ter os braços, as pernas, os olhos e a sabedoria do dia-a-dia
não os limita em uma vida vazia
São flores do jardim da emoção que brota semente do fundo do seu coração
Onde a colheita é a grande superação...
Superação de vida que a nós homens e mulheres taxados como perfeitos
Conseguimos ser imperfeitos...

(José Renato da Silva Júnior)


Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails