sexta-feira, 30 de setembro de 2011

" COMO VOCÊ LÊ? - MEME LITERÁRIO DO FIO DE ARIADNE "




Fio de Ariadne está comemorando o seu 6º aniversário e a Vanessa lançou um Meme Literário com direito a presente. É isso mesmo, participamos e ainda concorremos a um prêmio e só preciso responder a umas perguntinhas. Fácil né? Então vamos lá. 


Como você lê? 
Prefere ler antes de dormir ou carrega livro para onde quer que vá? lê no ônibus lotado ou precisa de Paz?Usa marcador de página, marca com a orelha ou fecha sem marcar e depois esquece onde estava, igual a esta que vos escreve? Lê no parque, no restaurante, na sala de espera do dentista?

Posso dizer que me tornei um leitora compulsiva depois que a minha vida ficou menos atribulada. Sempre gostei de ler e esse hábito era mais comedido. O livro ficava na mesinha de cabeceira e tinha a felicidade de ler algumas páginas antes de dormir. 
Atualmente carrego o livro comigo para onde for. Sobrou tempo e lá estou ligada na leitura. Pode ser no ponto ou sentada no ônibus /metrô e se a história for daquelas de prender o fôlego leio em pé mesmo. Claro que em ônibus lotado eu nem entro e acho que não teria condições de ler. Consigo me desligar,mas tenho que estar numa posição confortável.  


Acho que vão me achar cheia de manias porque encapo todos os livros antes de ler e uso marcador. Se querem saber mais eu adoro marcadores e tenho uma pequena coleção. 

Leio na sala de espera de consultório, de cliente, na praia, mas tenho um lugar preferido que é a minha saleta. É o meu cantinho onde além de ler eu também escrevo os meus contos que sao inspirdas nas mais variadas formas. Vão se moldando no meu pensamento misturado a tantas leituras e acontecimentos do dia a dia.Esse é um momento só meu, um momento de Paz e entrega total que me realiza, me tranquiliza e que faz bem a alma.

O que está  lendo agora e divida um pequeno trecho 
 


Vou começar a ler o livro " A Jornada"  de Erin E. Moulton, um lançamento da Editora Novo Conceito.  O livro tem uma diagramação muito bonita desde a capa até as beleza de ilustrações que enfeitam cada capítulo. Nem precisa perguntar que já encapei e estou usando marcador (muito fofo) com os dizeres "Sua imaginação vai voar longe. Muito longe."


Conta a história de quatro irmãs que saem em uma jornada para salvar a vida de uma delas. Para saber mais um pouco leia a sinopse aqui. 


Estou terminando de ler o livro "O Voo da Estirpe" da autora Adriana Vargas de Aguiar que é a coordenadora do Clube dos Novos Autores. Este livro foi ganho  no sorteio da  promoção "Siga e Concorra". 

Um livro que no início me deixou um pouco assustada  com os sonhos e pensamentos da personagem Clarice , escritora de crônicas para um jornal, que procura buscar inspiração e novas sensações nos lugares mais incríveis. Está balançando meus alicerces a forma como  a autora consegue usar palavras e descrever situações totalmente despojada de qualquer pudor.  

Linda história de amor de uma mulher independente que não quer ficar sozinha, mas também tem medo de se apaixonar e aí segue uma busca onde sempre há algo que sente , que critica, que estranha colocando os seus sentimentos sem o menor preconceito.  Uma mulher totalmente pensante e cheia de questionamentos, mas que no fundo sabe que a vida é real e o tempo passa para todos. 
Conhece Klaus de uma maneira estranha e cheia de surpresas( um homem que a persegue em seus sonhos) . É um homem super romântico que com sua forma de agir e ser vai conseguindo mudar os pensamentos que  Clarice tem sobre o amor.  
Bem ainda não terminei e como é para colocar um pequeno trecho aí vai:

"Não quero apenas ficar me admirando no espelho, isso não é amor, é narcisismo. Não posso ver em mim apenas um rosto bonito; um corpo bem feito; uma boca carnuda e sensual. Esta atração vai desfazer quando meu peito cair; quando minha bunda ficar quadrada e meu lábios murcharem com o tempo... Paixão passa rapidamente, preciso achar um mecanismo para levar esta paixão inicial ao amor prolongado e não apenas estacionar-me nela."



Todos os participantes vão concorrer a livros de autores blogueiros amigos da Editora do Fio . É muito gratificante ver esse trabalho de promover os novos autores e veja aqui ,aqui e aqui  quantos livros serão sorteados e ainda vem mais que até a Vanessa prorrogou o prazo de entrega da postagem do Meme até domingo. (veja aqui).

Vou aproveitar o aniversário do Fio de Ariadne e vou pagar uma dívida para com a amiga  e escritora Vanessa Anacleto, pois li seu livro  "Culpa de Mãe " em fevereiro e até agora não postei uma pequena resenha que fosse falando de sua obra. Perdoa amiga, e me aceita assim tá? Quero fazer tanta coisa ao mesmo tempo e alguém acaba ficando em falta.



Apesar da leitura não estar fresquinha em minha memória o Culpa de Mãe marcou pela forma como trata o tema maternidade x trabalho. Uma história da mamãe Fernanda, personagem principal, que vive momentos de insegurança, de tantas objeções sem saber que decisão tomar: voltar a trabalhar o que antes lhe dava prazer ou de ficar com sua filha Maria Eduarda aquele ser tão pequenino, tão seu e que deu sentido a sua vida.
Tantas são as dúvidas e questionamentos que Fernanda começa a se consultar com a terapeuta Márcia. Sai das consultas achando que não ajudou nada, que foi tempo perdido.
O tempo de voltar a trabalhar está cada vez mais próximo. Fernanda já visitou várias creches e sempre fica aquela culpa em ter que deixar sua filha com uma pessoa estranha. Aquela tristeza de não estar presente nas fases das primeiras palavras, dos primeiros passos e todo o crescimento de sua princesa.
Vai estar com várias mães que levam seus filhos a mesma praça e ali que conhece e começa a participar das reuniões do Clube das mães culpadas. São mães que viveram os mesmos problemas que ela e que vem esse sentimento de culpa como algo natural em relação à maternidade.
Tem uma personagem muito marcante e que tomou conta da cena que é a chefe Cora que também é madrinha de sua filha. É muito amiga o que ajuda Fernanda a ganhar tempo para tomar sua decisão. Cora nos diverte muito com sua maneira de ser, com os ursos que traz de presente para a afilhada e enfim com o bom humor contagiante que leva a situação sem comprometer a sua posição profissional.
Não posso deixar de falar do papai Olavo que é por demais paciente com a esposa e dando todo o apoio, mas não tomando partido no que a Fernanda venha a decidir.
Fernanda resolve contratar uma babá para cuidar da Duda na casa de sua mãe Mercedez. A babá escolhida foi Antônia e então tudo se ajeita e enfim Fernanda volta a trabalhar.
Fica tudo bem até começar a acontecer alguns probleminhas entre a babá Antônia, a campanha no trabalho e aí que a coisa fica animada e boa de se ler. A maravilhosa e espetacular Cora é a chefe que todo mundo pede a Deus para ter. Quer saber mais então clique aqui e adquira o seu exemplar.

Espero que não tenha dado algum vacilo no que escrevi sobre o Culpa de Mãe, mas afirmo que é um livro que quem lê não esquece. É tão verdade que no final de agosto estava assistindo ao programa Estrelas da Angélica com a entrevista abaixo e não pude deixar de lembrar o Culpa de Mãe. Depois que assistirem vão entender que o tema tão bem abordado pela escritora Vanessa Anacleto em seu livro é uma questão por que passam as mamães deste mundo afora.

Angélica entrevista a modelo Gisele Bündchen em Boston
Clique na imagem e assista ao vídeo
 #prontointimou e taí # e exagerei #



Beijos

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Blogagem Coletiva " Há amor em mim "



Esta é minha participação na Blogagem Coletiva proposta pela Elaine Gaspareto
pelos 3 anos de aniversário de seu blog " Um Pouco de mim"


" Há amor em mim "


O amor existe em mim desde as suaves lembranças que tenho dos tempos de criança. Quando jovem esse amor explodia no coração contentando-se com pequenos momentos que lhe eram permitidos. Namorar de mãos dadas e ganhar um beijo na boca era uma felicidade tão grande que o amor dentro de mim fazia meu coração disparar.

Há amor em mim que faz deixar de ter para dar, um amor que me faz aprender com meus erros, um amor que suporta a minha raiva e rancor a ponto de não sobrar espaço para ele dentro de mim.

Há amor em mim que me deu forças para suportar a dor da perda de meus entes mais queridos. Esse amor teve a paciência de ir cicatrizando uma a uma as feridas que ficaram no meu coração.


Quando conheci meu marido há alguns anos atrás e comecei a namorar firme foi à maior prova de amor que tive na minha vida. Ele era desquitado e pai de dois filhos de 10 e 11 anos na época. Minha mãe sempre amiga e confidente ficou preocupada, pois sabia que eu estava totalmente apaixonada e quando resolvemos “casar” ela chegou para mim e perguntou:
- O amor que você sente por ele é tão grande que fará você abrir mão do seu sonho de casar de véu e grinalda? Vai mesmo desistir de entrar na igreja vestida de noiva?


E a resposta foi que me casei numa cerimônia simples, em casa, com um jantar oferecido aos familiares e amigos mais próximos. Completamos 35 anos de uma vida a dois onde aprendemos a conviver com as nossas diferenças, ansiedades e medos. Tivemos um filho, um amor sublime que preenche nossas vidas. Construimos uma família e fomos seguindo em frente enfrentando os problemas e inseguranças que a vida nos prepara.

Uma vida que teve seus altos e baixos, suas brigas e tantas outras fases que sobreviveram graças ao amor que há em mim. Um amor que faz parte de mim. Um amor que preciso tocar. Um amor que preciso sentir para viver.

                    Há amor em mim que é a razão da minha vida.


   Obrigado Senhor!



Beijos

M@myrene 

terça-feira, 27 de setembro de 2011

" Parabéns pelos nossos 35 anos de casados "



Meu velhote você pensou que eu iria esquecer uma data tão importantepois é uma data e momento que ficará guardada para sempre em minha vida.
Feliz aniversário pelo nosso casamento  e tenha a certeza que  Deus  iluminou nossa união com a sua benção.
Esse sentimento que nos une há 35 anos merece ser lembrado sempre e comemorado com muito amor e carinho.





Beijos !!!!

domingo, 25 de setembro de 2011

" Dormindo para esquecer "



Ana estava muito cansada depois da longa viagem que fizera de ônibus de Morretes em Paranaguá até a Cidade Maravilhosa. Que bom que sua prima Vitória fora buscá-la na rodoviária, pois não saberia como chegar até sua casa que ficava no bairro do Catete.

Depois que pegara seu pai na cama com outra mulher quando vinha da faculdade a sua vida virou de pernas para o ar. Dividira esse segredo com sua prima que entendeu que seria difícil continuar vivendo na casa dos seus pais sem dar a perceber a sua angústia.

Foi assim que com a ajuda de Vitória conseguira um emprego de recepcionista na mesma agência de Turismo que ela estagiava. Começaria a trabalhar na segunda feira e aproveitou o final de semana para descansar.

Chegara sábado e apesar da viagem cansativa não deixou de aproveitar para dar uns passeios com a prima para conhecer um pouco do local onde morava.

Quando bateu na cama dormiu direto de tão cansada. Já passava de meio dia de domingo e Ana ainda continuava na cama dormindo pesado. Vendo que se deixasse a prima iria dormir até o dia seguinte começou a chamá-la e fazer barulho para que acordasse.

Ana ainda tentou se esconder com a cara no travesseiro para abafar o barulho, mas acabara tendo que ceder a insistência de Vitória e com muito esforço levantou da cama.

O dia estava um pouco nublado e por ser domingo estava um silêncio que era um convite a preguiça. Ana sabia que tinha que reagir, pois  ultimamente ficava dormindo para esquecer a mágoa que estava dentro do seu coração.

Para seus pais seria muito bom estarem sozinhos para tentarem se acertar e salvar o casamento. Para ela era uma oportunidade única de  seguir a sua vida e tentar a sua independência.

Tinha um trabalho que com o pouco que ganharia daria para ajudar a prima nas despesas e ainda sobraria alguma coisinha para sobreviver.  Já tinha pedido transferência da Faculdade, mas teria que esperar o próximo período e enquanto isso estaria se adaptando a nova vida.

Respirou fundo, abriu os braços espreguiçando-se e olhando aquela vista da janela que mostrava uma paz que a tranquilizava e dava coragem para seguir em frente.

Irene Moreira

Essa história começou com Um Segredo
(clique no link e acompanhe)

Alexandre Mauj disse no comentário: "e fiquei curioso pra saber o que acontece com a família da Ana rs, o que aconteceu após a separação" 
Serviu de inspiração e resolvi falar primeiro  da saída da Ana da casa dos pais. Aguardem que em breve darei continuidade ao "Segredo de Ana "  e com o tempo a resposta as perguntas do meu amigo Mauj serão respondidas



Participação Projeto Suas Palavras
23ª Edição Imagem
23ª Edição Sentimento
Tema: Livre

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

" O Terror "



Terror nas torres
Abala o mundo
Mata inocentes
Espalha o medo.

Um pesadelo
Atingiu o coração
Robusto símbolo
Todo poderoso.

Após uma década
Marcou sua História
De um povo consciente
Para a vil crueldade.

Vulnerável é a nação
Ou qualquer civilização
Aos atos de terrorismo
E radicalismo religioso.

O mundo em alerta
Sonha as mãos dar
Para um dia acabar
E a paz no mundo reinar.
Irene Moreira


Minha participação para a 3ª Semana do projeto Idéias Compartilhadas



Diante dos tristes acontecimentos de 11 de Setembro de 2001, deixe fluir sua alma poéticaE componha um texto em versos ou prosa sobre este tema. O que mudou no mundo?
O que ela representa?

O blog que inspira o tema da 3ª. Semana é o POESIAS PARTIDAS:

O fanatismo é doença maldita
O ódio e a vingança são lenhas
Ardendo o que na vida é bendita
O amor no que vira? Resenha?
Tablóides anunciam o terror
O cinema produz muito mais
O que o mundo precisa é de amor
O que o mundo precisa é de paz...

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

" Uma decepção profissional!


Márcia estava simplesmente sem ação depois de ter sido chamada atenção pelo seu chefe. Trabalhava a três anos em uma editora de moda sendo responsável pela edição da coluna de eventos e desfiles.


Em todo o tempo que ali estava fora à primeira vez que recebera reclamação com respeito ao seu trabalho. Procurava entender o motivo de todos estarem nervosos e ela estar sendo crucificada por algo que nem sabia.


Assim que chegou ao escritório o seu chefe foi imediatamente fazendo sinal para ela ir até a sua sala. Estava com uma cara de poucos amigos e quando pegava o cigarro era porque o assunto era muito sério.


Logo que entrou ele foi soltando o verbo dizendo:
- Perdemos a conta da Vertes porque na edição de sua coluna não saiu apresentação do desfile primavera.

Ela ficou sem entender o motivo, pois tinha deixado tudo pronto para ser publicado. Quando foi tentar explicar e tomar conhecimento daquele alvoroço todo o seu chefe não lhe deu chance.
A frase que ele dissera não saia de sua cabeça.
- Não me interessa saber os detalhes da sua incompetência.


Essa palavra incompetência não fazia parte de seu vocabulário profissional e mais do que depressa foi tratando de dar as suas explicações. Mostrou os procedimentos e que a conclusão de suas tarefas fora dentro dos prazos. Confirmou a entrega de toda a matéria antes da edição final. Como sempre tinha tudo anotado com cópia de suas planilhas e reuniões. Apresentou os documentos devidamente autorizados e assinados pelo Diretor de Produção.

Depois de ouvir atentamente e verificar que o erro não tinha partido dela o chefe mandou chamar os responsáveis pela produção e edição. Fez um sinal para ela se retirar, agradeceu a explicação, mas em tempo algum pediu desculpas pelas ásperas e injustas palavras que havia lhe dirigido.

Márcia pegou sua pasta e saiu meio que decepcionada com a forma como a empresa tratava os bons profissionais. Suas aspirações profissionais e a seriedade com que trabalhava estavam em linhas opostas e depois disso iniciou a sua busca por um novo desafio profissional.

Irene Moreira

domingo, 18 de setembro de 2011

" Menina travessa "


Menina travessa
Aprontando arte
Saindo de casa
Com seu skate.

Vai para a estrada
Com ele andar
Sem ver o perigo
Que pode causar.

Na estrada vazia
No meio sentada
Olha o horizonte
Toda contente.

Pronta para largar
Leva grande susto
Quando um carro
Dela tira um fino.

Rápido se levanta
Saindo da estrada
Indo para a praça
Brincar na rampa.


Irene Moreira



22ª Edição Imagem

" Afinidade "


"A afinidade é um sentimento único que caminha de mãos dadas com o amor e a amizade. "

Irene Moreira

2ª Edição Frase
Tema: Afinidade

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

" Nascem meus poemas "


Nascem meus poemas
De simples rabiscos
Feitos de sonhos
De momentos
De desabafos.

Nascem meus poemas
De algumas letras
Que saem da alma
Formando rimas
Escritas à pena.

Nascem meus poemas 
De uma inspiração
Que sai do coração
Cheia de emoção
E muita paixão.

Nascem meus poemas
De um simples toque
Que de algumas prosas
Logo se transformam
Numa bela estrofe.

Nascem meus poemas
De todas as idades
Das belas tardes
De felicidades
De saudades.

Irene Moreira


Minha participação para a 2ª Semana do projeto Idéias Compartilhadas



Tema da 2ª Semana: Criando Poemas
A inspiração desta semana, vamos encontrar na perspicaz pergunta traduzida
por Herculano Neto [Blog Por Que você Faz Poema?]

Mulheres no Jardim de Claude Monet (1866):
obra impressionista
 Trecho:
por que você faz poema?
Herculano Neto


"para dizer sem dizer
e irritar quem não me entende
(quem me detesta
mas esmiúça minha palavra)
[...]"




quinta-feira, 15 de setembro de 2011

" VAMOS COMEMORAR A VIDA - PARABÉNS ELAINE GASPARETO "



Feliz Aniversário
a sempre amiga



O dia do nosso nascimento não é, e nem pode ser um dia comum.
É um dia de se comemorar a vida, portanto é especial, é o seu aniversário.
Mais do que parabéns, cumprimentos e abraços, você merece muitos
presentes e felicitações, merece uma chuva de pétalas e graças do céu.
Faça do seu dia tudo o que tem direito, mude de comportamento, seja mais alegre, sorria com a alma, mostre sua felicidade plena e gostosa.
Faça de cada dia da sua vida, uma data especial, diferente e inesquecível, e assim todos que te admiram e gostam se sentirão mais felizes também.
Um feliz aniversário fique em paz, porque Deus te presenteia com mais um ano de vida e esse é o meu melhor presente que nenhuma riqueza material ou moeda compra.
Parabéns e muitas felicidades para você.



Um brinde a Vida 



Parabéns amiga Elaine
Por mais um ano de vida
E que eu esteja presente
Em muitos anos cheios de Vidas.

Beijos


M@myrene

" MORTE É VIDA - BLOGAGEM COLETIVA FASES DA VIDA "





Esta é minha participação na Blogagem Coletiva Fases da Vida promovida pelos blogs ESPIRITUAL-IDADE da doce amiga Rosélia, PUBLICAR PARA PARTILHAR da amiga Rute e NAC0 ZINHA da amiga Gina.


Passamos para a 7a. Fase com o tema MORTE onde a própria palavra desperta o medo no coração das pessoas  considerando a morte tão incompreensível quanto inevitável. Uma reação compreensível, pelo fato de que tantas pessoas pensam sobre a vida como nada mais que um estado no qual o corpo humano está ativo.

Mas é hora de nos perguntarmos: o que acontece após a morte, se é que acontece? O que a morte realmente significa? Como aqueles que sobrevivem aos entes queridos devem reagir?


O mistério da morte é parte do enigma da alma e da vida em si: entender a morte significa realmente entender a vida. Durante a vida como a conhecemos, o corpo é vitalizado pela alma; na morte, ocorre uma separação entre o corpo e a alma. Porém a alma continua a viver como sempre fez, agora livre das restrições físicas do corpo. E como o verdadeiro caráter da pessoa – sua bondade, virtude e altruísmo – estão na alma, é lógico presumir que ele ascenderá a um estado mais elevado após cumprir suas responsabilidades na terra.  Leia mais aqui.
  

A DANÇA DA VIDA

      
Já tantos anos se passaram e a vida me carregou por lugares lindos e inesquecíveis, me fez conhecer pessoas que me ensinaram a caminhar e conquistar o meu espaço e nunca deixar de correr atrás de meus sonhos.

Já tantos anos se passaram e posso dizer que escrevi, através do tempo, com alegrias e tristezas a minha história de amor - folheio as páginas e vejo minha linda família –filhos, netos e muitas lembranças que jamais serão esquecidas.

Já tantos anos se passaram e meu corpo já não acompanha com o mesmo ritmo as minhas vontades - caminho passo a passo entregue aos pensamentos que correm soltos iluminando a minha estrada.

Já tantos anos se passaram e estou aqui vivendo intensamente o tempo que ainda me resta - feliz a dançar acompanhada das recordações e lembranças embaladas ao som da orquestra da vida.

Irene Moreira

Os anos passam...
As lembranças são eternas,
A saudade permanente e nossos olhos em busca de cenas de tempos vividos.

Os anos passam...
Vivenciamos lições de vida, aprendemos a vasculhar em nossos guardados
do coração e a acariciar lindos momentos que se foram para não mais voltar.

Os anos passam...
Crescemos na alma, mas sempre seremos frágeis no amor.

Os anos continuam a desfilar na passarela do aprendizado e nós,
protagonistas da vida, enfrentamos os momentos que nos
fazem infelizes e nos deliciamos com os felizes!

Resumimos que a vida é um grande baile em que almas
se encontram, se esbarram, se unem e se separam...
Cada qual bailando nos conflitos, nas esperanças e
nas suavidades dos momentos de amor.

Marilda Diório


Morrer é preciso . . .


"Nós estamos acostumados a ligar a palavra morte apenas a ausência de vida e isso é um erro.

Existem outros tipos de morte e precisamos morrer todo dia.
 A morte nada mais é do que uma passagem, uma transformação.


Não existe planta sem a morte da semente;
Não existe embrião sem a morte do óvulo e do esperma;
Não existe borboleta sem a morte da lagarta;
Isso é óbvio.


A morte nada mais é que o ponto de partida para o início de algo novo, a fronteira entre o passado e o futuro.


Se você quer ser um bom universitário, mate dentro de você o secundarista aéreo que acha que ainda tem muito tempo pela frente.


Quer ser um bom profissional?
 Então mate dentro de você o universitário descomprometido que acha que a vida se resume a estudar só o suficiente para fazer as provas.


Quer ter um bom relacionamento?
 Então mate dentro de você o jovem inseguro, ciumento, crítico, exigente, imaturo, egoísta ou o solteiro solto que pensa que pode fazer planos sozinho, sem ter que dividir espaços, projeto e tempo com mais ninguém.


Quer ter boas amizades?
Então mate dentro de si a pessoa insatisfeita e descompromissada, que só pensa em si mesmo, mate a vontade de tentar manipular as pessoas de acordo com a sua conveniência, respeite seus amigos, colegas de trabalho e vizinhos, enfim, todo processo de evolução exige que matemos o nosso "eu" passado inferior.

E qual o risco de não agirmos assim?
O risco está em tentarmos ser duas pessoas ao mesmo tempo, perdendo o nosso foco, comprometendo essa produtividade, e por fim prejudicando nosso sucesso.
Muitas pessoas não evoluem porque ficam se agarrando ao que eram, não se projetam para o que serão ou desejam ser.
Elas querem a nova etapa, sem abrir mão da forma como pensavam ou como agiam.


Acabam se transformando em projetos acabados, híbridos, adultos infantilizados.
Podemos até agir, às vezes, como meninos, de tal forma que mantemos as virtudes de criança que também são necessários: brincadeira, sorriso fácil, vitalidade, criatividade, tolerância, etc.
Mas se quisermos ser adultos, devemos necessariamente matar atitudes infantis, para passarmos a agir como adultos.

Quer ser alguém (líder, profissional, pai ou mãe, cidadão ou cidadã, amigo ou amiga) melhor e evoluído?
Então, o que você precisa matar em si, ainda hoje, é o "egoísmo" é o "egocentrismo", para que nasça o ser que você tanto deseja ser.
Pense nisso e morra.
Mas não esqueça de nascer melhor ainda."
Fernando Pessoa


 Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco
Ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer
É preciso saber viver...

Toda pedra no caminho
Você deve retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher
É preciso saber viver...

 Roberto Carlos / Erasmo Carlos
 
 
Obrigado Senhor!





Eu vou seguir uma luz lá no alto eu vou ouvir
Uma voz que me chama eu vou subir
A montanha e ficar bem mais perto de Deus e rezar


Eu vou gritar para o mundo me ouvir e acompanhar
Toda minha escalada e ajudar
A mostrar como é o meu grito de amor e de fé


Eu vou pedir que as estrelas não parem de brilhar
E as crianças não deixem de sorrir
E que os homens jamais se esqueçam de agradecer


Por isso eu digo: Obrigado Senhor por mais um dia
Obrigado senhor que eu posso ver
Que seria de mim sem a fé que eu tenho em Você


Por mais que eu sofra, Obrigado Senhor mesmo que eu chore
Obrigado Senhor por eu saber
Que tudo isso me mostra o caminho que leva a Você


Mais uma vez Obrigado Senhor por outro dia
Obrigado Senhor que o sol nasceu
Obrigado Senhor agradeço Obrigado Senhor


Por isso eu digo: Obrigado Senhor pelas estrelas
Obrigado Senhor pelo sorriso
Obrigado Senhor agradeço Obrigado Senhor


Mais uma vez
Obrigado Senhor por um novo dia
Obrigado Senhor pela esperança
Obrigado Senhor agradeço Obrigado Senhor


Por isso eu digo: Obrigado Senhor pelo sorriso
Obrigado Senhor pelo perdão


Roberto Carlos 





Hoje o dia é de comemoração
É o dia que festejamos 
a data de nascimento 
de uma pessoa muito especial.

Hoje é aniversário 
da nossa amiga

Parabéns !!!


É um dia 
de vida
 de amor 
de muito abraço
de muita homenagem 
e a minha está aqui 

Beijos






Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails